PRF autua mais de 240 veículos por exesso de velocidade na BR 232 em menos de 90 minutos. - Gravatá em minhas lentes

Recentes

http://www.gravataemminhaslentes.com.br/

Gravatá em minhas lentes

Em Foco Com A Notícia!!!

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

PRF autua mais de 240 veículos por exesso de velocidade na BR 232 em menos de 90 minutos.



Em uma hora e meia, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuou 243 veículos que trafegavam acima do limite de velocidade permitido na Rodovia BR-232, na descida da Serra das Russas, em Pombos, na Zona da Mata pernambucana. Isso significa que, a cada minuto de operação, quase três veículos foram flagrados pelas equipes. Alguns carros estavam a mais de 100 quilômetros por hora, quando a velocidade máxima na área deve ser de 60 quilômetros por hora.

Os flagrantes foram feitos no quilômetro 62 da BR-232. Na área, são comuns os registros de acidentes graves, com mortes e feridos. A operação aconteceu na terça-feira (7), mas os resultados foram divulgados nesta quarta-feira (8).

Segundo a PRF, a fiscalização na via foi intensificada, porque o trecho apresenta acidentes como capotamento e tombamento. Principalmente, de caminhões. Os condutores voltam a acelerar o veículo após ultrapassar a última lombada eletrônica instalada na Serra das Russas.

De acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), as multas por excesso de velocidade contam com três categorias diferentes. São elas: até 20% de excesso, de 20% a 50% e acima de 50% do limite permitido na via ou estrada.

Nos casos de velocidade com até 20% excedente, a multa é de R$ 130,16, mais quatro pontos na CNH. De 20% a 50% além do limite estabelecido, é cobrada uma multa de R$ 195,23, bem como cinco pontos na carteira de habilitação.

A velocidade que excede 50% do limite estabelecido é considerada gravíssima. Por isso, é cobrada uma multa no valor de R$ 880,41, mais sete pontos na CNH, além suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

                                                                                       G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad