O tempo - AD Araújo - Gravatá em minhas lentes

Recentes

http://www.gravataemminhaslentes.com.br/

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

O tempo - AD Araújo




O tempo.


E o que é o tempo?
O tempo de cada um tem um tempo diferente.
As vezes mais apressados, as vezes mais dementes.
O tempo para um musico, pode ser a marcação da musica ou quanto falta para
Para aquele bêbado chato parar de pedir “Toca aquela”.
Para o cozinheiro, pode ser os 15 minutos que faltam para ficar
Pronto o prato principal, ou o meio segundo em que ele vira e o leite transborda.
Para quem tá na farra o tempo é sempre pouco.
Pra quem tá se arrumando pra ir pra ela, parece que o tempo voa.
Pra quem tá achando a farra uma ‘’merda”, parece que o tempo é eterno.
Cazuza dizia que “...o tempo não para!”
O Renato Russo ...   “ Temos todo o tempo do mundo”
O Caetano Velozo fez até a “ Oração ao tempo”, onde uma das estrofes diz:
“ Por seres tão inventivo e pareceres continuo
Tempo, tempo,  tempo, tempo
És um dos deuses mais lindo.”


Então o que é o tempo?
Como viver em parceria com ele?
Como administra-lo?
Será que o Renato Russo tá certo?
Será que temos todo o tempo do mundo?
Será que o Cazuza foi infeliz ao dizer que o tempo não para?
Ou o Caetano exagerou em o comparar a um Deus?
Quando temos 12 queremos ter 18.
Quando temos 18, imaginamos como será quando tivermos 40.
Quando temos 40, pensamos como será os 60, buscamos a alegria dos 12 e queríamos ter o vigor dos 18.
Quando chegamos aos 80, as vezes até debilitados em uma cama talvez.
Vemos nossos bisnetos de 12, dar dor de cabeça no vigor de nossos netos de 18, que
Buscam a experiência de nossos filhos de 40 que nos pedem paciência.
E dizem que o tempo vai ensinar o que é a vida a eles. (mas nem sabemos o que é o tempo quanto mais a vida.)


Quando chegamos aos 90, muitas vezes o tempo apaga todo nosso tempo.
As lembranças, tudo que passamos, todo o tempo que trilhamos somem.
E ficamos perdidos no tempo, a espera de um dia chegar nosso tempo de partir.
E em nosso ultimo segundo, no ultimo milésimo de segundo de nosso tempo na vida.
Será que veremos todo o nosso tempo passando enquanto se extingue o nosso tempo.
Os 12, os 18, os 40, os 60, os 80 e os 90. E agradeceremos ao tempo, por nosso tempo
Aqui na terra, pois veremos que tempos bons eram aqueles, e felizes fecharemos os olhos
E uma lagrima escorrerá deles.
Não por tristeza, mas, como o ultimo grão de areia de uma ampulheta marcando o fim, de um de nossos tempos.

E você o que tem feito de seu tempo?.
AD Araújo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad